[E3 2013] Resumo conferência Microsoft – Xbox One e Xbox 360

Microsoft E3 2013 resumoA conferência da Microsoft na E3 deste ano era uma das mais aguardadas e infelizmente, os motivos não eram os melhores. Eles foram os primeiros a subir no palco e e expectativa era de que a má impressão quanto ao Xbox One deixada durante a revelação do console e todas as polêmicas que vieram a seguir fossem apagadas por uma conferência que mostrasse mais jogos e justificasse a transformação de um console em uma “caixa multimídia” que agora tem até TV, para a E3 a Microsoft havia prometido mostrar muitos jogos e algumas novidades (como é de costume).

Xbox One e a nova Xbox Live

Xbox Live Xbox OnePraticamente tudo que tinha para ser revelado sobre o Xbox One a Microsoft mostrou no evento de apresentação do console e tudo o que ficou foram dúvidas sobre como exatamente os serviços devem funcionar, durante os últimos dias eles vem tentando esclarecer algumas questões, já sabemos que a conexão constante com a internet é mesmo obrigatória e que os jogos usados serão cobrados, mas durante a E3 estes assuntos polêmicos ficaram de fora, ao invés disso a Microsoft anunciou novas funcionalidades e uma reformulação na Xbox Live. Os rumores do fim dos Microsoft Points foram confirmados, a partir do lançamento do Xbox One as transações serão feitas em dinheiro com preços em moeda do país onde o jogador registrou sua conta.

Xbox Live Gold gamesFoi prometida uma “nova XBLA” para o Xbox One que também virá para o Xbox 360 onde ela já começa a funcionar, será mais leve e com visual parecido com o do Xbox One. Os assinantes da Xbox Live Gold tiveram uma boa notícia, eles começam a receber dois jogos gratuitos por mês começando com Asassin’s Creed II e Halo 3, uma proposta similar ao que é visto na PlayStation Plus que libera jogos gratuitos aos assinantes mensalmente. A Microsoft não revelou mais detalhes de como o serviço deve funcionar.

Compartilhe tudo

Xbox One Twitch TV A próxima geração de consoles será marcada pela “onda do compartilhamento”, mas as funções no Xbox One não se limita apenas a compartilhar com seus amigos as conquistas alcançadas, agora os assinantes do Xbox Live Gold poderão transmitir seus gameplays ao vivo através do TwitchTV bastando apenas um comando de voz, assim praticamente qualquer jogador poderá criar seu gameplay comentado e compartilhar com o mundo. Talvez não seja uma funcionalidade tão atraente para o usuário comum mas pode facilitar a vida dos youtubers e até revelar novos talentos.

 

Preço e data de lançamento no Brasil

xbox_one_data_lançamentoConfirmando as previsões de especialistas e especuladores de plantão, o preço do Xbox One será realmente US$ 499,00 e será lançado em novembro, o dia ainda não foi especificado mas varejistas como Amazon e GameStop  listam o lançamento entre o dia 21 e o dia 30. 21 países vão receber o console na mesma data do lançamento mundial e o Brasil está entre eles, essa é a boa notícia, a má notícia é que o preço passa longe dos praticados no Xbox 360 e o Xbox One chega custando a bagatela de R$ 2.199,00 com HD de 500 GB, Wireless e 14 dias de Xbox Live Gold gratuitos.

 

Um “novo Xbox 360”, novos preços

xbox-360-novo2012 não foi o último ano em que o Xbox 360 teve a honra de subir ao palco da E3, este ano ele resolveu aparecer na festa da nova geração e mostrar que ainda está firme e forte. O console recebeu um “novo corpinho”, a terceira repaginação se contarmo o modelo “caixote” e o atual “slim”, não foi uma mudança radical, ele adotou um visual mais parecido com o Xbox One com uma espécie de “saia” em preto fosco e um design mais reto com bordas arredondadas, ele também será mais fino e silencioso. A mudança mais interessante foi nos preços, a partir de agora o Xbox 360 começa a ser vendido hoje no mercado norte-americano por US$ 199,00 na versão 4GB básica, US$ 299,00 com 4GB e Kinect ou U$ 299,00 com HD de 250 GB sem Kinect. O novo modelo e a mudança nos preços deve chegar ao Brasil mas ainda não foi revelada nenhuma data.

 

Jogos, muitos jogos

Forza 5 E3 2013A inovação nem sempre é bem vista por todos e o com o Xbox One foi assim, a Microsoft até mostrou alguns jogos durante a revelação do console mas preferiu dar mais atenção aos novos recursos e a integração de serviços multimídia. A repercussão na comunidade gamer não foi positiva mas a promessa para a E3 foi de que haveriam muitos jogos para o Xbox One, e pasmem, a Microsoft não só cumpriu com o que prometeu mas fez isso em uma escala assustadora,  somando os títulos revelados durante toda a E3 são mais de 30 jogos anunciados para o Xbox One e Xbox 360, por isso vamos ficar apenas com aqueles apresentados durante a conferência.

Battlefield 4 (singleplayer)

O modo apresentado foi o singleplayer, o jogo parece bem otimizado para o console e os gráficos tão surpreendentes que não lembram nem de longe aqueles de BF3 no Xbox 360, na verdade está bem próximo do que os jogadores de PC já estão acostumados a um bom tempo em BF3. Conforme já havia sido anunciado, o Xbox One receberá os conteúdos para download exclusivamente por tempo limitado. Battlefield 4 sai para PC, PS3, PS4 X360 e XOne.

 

Dark Souls 2

Um trailer dramático para Dark Souls 2, sem muitas novidades por aqui. O jogo sai apenas para PS3 e X360, até agora não houve qualquer anúncio sobre uma versão para os consoles next-gen e a essa altura isso já não deve mais acontecer.

 

World of Tanks

Com mais de 60 milhões de jogadores em todo o mundo, World of Tanks é um dos maiores sucessos no PC e acumula diversos recordes de participação online. A batalha entre tanques históricos da Segunda Guerra Mundial chega ao Xbox 360 em uma versão otimizada e reformulada especialmente para o console. Basta saber como ficou o sistema de locomoção e mira que pode ser um pouco complicado para o controle do Xbox 360.

 

Max: The Curse of the Brotherhood

O jogo de animação conta a história de Max, ele queria que seu irmão desaparecesse mas quando tem seu desejo antedido acaba no meio de uma aventura para salva-lo armado apenas com um marcador. O joguinho “side scrooling” parece bem interessante e apesar de ser a Microsoft Studios tem um ar indie. Será lançado exclusivamente para o Xbox 360 este ano.

 

The Witcher 3: Wild Hunt

Até agora a CD Projekt Red havia revelado apenas imagens, por sinal impressionantes, de The Witcher 3: Wild Hunt que vai contar com um várias regiões em um mundo aberto para serem exploradas, durante a conferência tivemos a primeira chance de ver os primeiros movimentos in game que mostram um bom sistema de combate. O jogo será lançado para PS4, XOne e PC.

 

Metal Gear Solid V

Se você pulou o vídeo e veio direto para o texto pelos mais de 6 minutos de duração, aconselho que volte a assista para não se arrepender. O primeiro vídeo a ser apresentado durante a conferência foi tão bom que nós quase esquecemos que viria mais a seguir, praticamente um show a parte. Esqueça tudo o que já ouviu sobre Metal Gear, este é o mais grandioso já feito por Kojimae até mesmo quem nunca se empolgou com os jogos da série dará uma chance a ele. Utilizando a Fox Engine da Konami ele apresenta elementos como mudança do clima em tempo real, diversos meios de transporte, um mundo aberto opções livres de como se infiltrar e uma das coisas mais interessantes, as horas do dia passam de forma realista. Metal Gear Solid V sai para XOne e PS4.

 

Minecraft

Dispensa comentários. Por mais desnecessário que você ache (ou não), Minecraft será lançado para XOne.

 

Exclusivos Xbox One

Vamos passar rapidamente para os jogos que serão lançados exclusivamente para o Xbox One e devem impulsionar as vendas do console neste “começo de vida”.

 

Killer Instinct

Para felicidade de todos e o bem da nação, a Microsoft resolveu fazer uso de uma franquia que estava abandonada mas sob seu poder, os rumores novamente se confirmaram e um novo Killer Instinct chamado apenas Killer Instinct será lançado, e por enquanto é tudo o que sabemos.

D4

Em D4 vamos acompanhar a história de um detetive que tem a habilidade de viajar de volta no tempo, mas ao invés de salvar Kennedy ou matar Hitler no berço ele vai usar este poder para tentar impedir o assassinato de sua esposa.

 

Ryse: Son of Rome

Para quem diz que a Crytek só sabe fazer Crysis essa é uma boa resposta. A princípio o jogo parece clichê, mais do mesmo, até você conhecer um pouco mais sobre as possibilidades, ele é uma boa mistura de um combate individual com o sentimento de estar em algo muito maior, onde você não é o cara que resolve tudo mas aquele que faz a diferença, lutando como soldado, liderando como general.

 

Titanfall

Nada que você já não tenha visto até agora, tem mechas gigantes e soldados que parecem ter saído de Dead Space mas o foco é um modo campanha multiplayer, o que torna o jogo bem mais interessante.

 

Sunset Overdrive

Para quem vive reclamando que falta mais diversão nos games atuais, este é um bom exemplo de que isso ainda é capaz e com muita simplicidade. Em Sunset Overdrive a cidade foi invadida por mutantes e a sua tarefa é simples, acabar com eles mas não das formas convencionais. Tudo indica que ele será multiplayer, até porque esse é o estilo de jogo perfeito para curtir com os amigos.

 

Quantum Break

A Microsoft não quis tocar nos assuntos polêmicos durante a conferência mas com Quantum Break lembramos das multi funções do Xbox One já que o jogo será uma mistura entre TV e games, uma série de TV interativa mas nem o trailer nem o apresentador foram capazes de mostrar exatamente o que isso quer dizer.

 

Project Spark

Quase como uma ferramente de desenvolvimento, Project Spark permite ao jogador criar qualquer coisa que ele imaginar, criar u mundo totalmente louco e diferente, jogar e compartilhar.

 

Forza Motorsport 5

A apresentação de Forza foi um dos momentos mais legais, a Microsoft trouxe ao palco um McLaren, falou um pouco mais sobre um dos jogos de corrida mais amados, com destaque para a inteligência artificial que pode até mesmo se adaptar as táticas que você usa para ganhar vantagem.

 

Halo 5

Assim como não é Xbox se não tiver Forza, não é Xbox se não tiver Halo, então eles trataram logo de providenciar Halo 5 para o Xbox One. Até o momento nada sobre a história, tudo o que sabemos é que Master Chief não anda muito bem de vestimentas.

 

Dead Rising 3

Está cada vez mais difícil lidar com esses zumbis que escalam e correm feito atletas, em Dead Rising 3 a tarefa também não é fácil então tudo o que você encontra pelo caminho pode se tornar uma arma. O jogo deve serum dos disponíveis no lançamento do console, em novembro.

 

Crimson Dragon

O mico da conferência ficou por conta de Crimson Dragon, e não foi nem porque ele estava sendo desenvolvido para Xbox 360 e agora é um exclusivo do Xbox One, mas porque o vídeo saiu sem som e virou motivo de risos da platéia. No jogo você controla os dragões usando o Kinect, pelo menos é como eles descreviam.

 

Below

A Microsoft disse que iria apoiar os desenvolvedores indie e Below é um bom exemplo do quanto estes jogos podem ser interessantes, mas ainda precisamos ver mais dele para saber se é tão promissor.

 

Conferência completa

Se preferir pode acompanhar a conferência completa.

 

Conclusão

A conferência da Microsoft foi exatamente o que eles prometeram, mostraram basicamente jogos e ainda trouxeram boas notícias aos donos do Xbox 360 com exclusivos e lançamentos que acompanham a nova geração, os novos preços são bem vindos e devem contribuir para manter o console com vendas saudáveis. Como já comentamos a algum tempo por aqui, o que deve marcar a atual geração de consoles será sua longevidade, a EA prometeu jogos até 2017, Sony e Microsoft devem fazer o mesmo pois as plataformas ainda tem potencial e são muito rentáveis.

O Xbox One mostrou que não é apenas uma central multimídia ou “vídeo cassete tudo em um”, ele possui elementos suficientes para atrair o público hardcore mas também agradar aos usuários que buscam mais do que apenas um console do jogos. O que realmente vem pesando contra são as “medidas inovadoras” e radicais da Microsoft de forçar os usuários a manter uma conexão constante com a internet, cobrar por jogos usados e praticamente manter vigilância na sua sala, por mais que ela tente explicar que não é bem assim, isso não tem sido suficiente para convencer quem deve ser convencido, que não são os seus fãs mas os consumidores em potencial.

A sua conferência não foi ruim mas não conseguiu agradar os jogadores e nem o mercado que respondeu com uma nova queda nas ações da Microsoft, e desta vez não só as ações da Sony mas também da Nintendo subiram de forma súbita. Além de todos os pontos negativos, a Microsoft ainda vai lançar o Xbox One com um preço superior ao PlayStation 4 em US$ 100,00, aqui no Brasil ele vai custar absurdos R$ 2.199,00 que passa muito longe de uma conversão justa do dólar, ainda mais levando em conta isenções e o salário no país.

Para piorar a situação, a Sony revelou que o PlayStation 4 não requer conexão constante com a internet e não vai cobrar por jogos usados, além de oferecer serviços de mídia exclusivos, então se analisarmos a situação ela realmente não parece boa para a Microsoft, mas e você, como avalia a conferência?

Por: Lock Gamer

2 comentários sobre “[E3 2013] Resumo conferência Microsoft – Xbox One e Xbox 360

  1. avalio de maneira imparcial de uma briga entre sony querendo manter a midia fisica vida, e xbox passando para um console que vai ser a steam, e que só requer conexão pra baixar e registrar o jogo na sua conta!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s