Intel perde ação de US$ 1,4 bi por “deslealdade” contra AMD

Intel_Antitrust_WideJá é dito a tempos que o mundo dos negócios é sujo mas para nós fica difícil entender o que isso significa exatamente e como nos afeta, por isso uma decisão do da segunda mais alta corte da Europa chamou a atenção do mundo para como as empresas vem manipulando o mercado de forma desonesta. A Intel, fabricante mundialmente conhecida e detentora da maior parte do mercado de processadores foi condenada a pagar uma multa de incríveis US$ 1,4 bilhão de dólares por práticas antitruste contra a AMD dando segmento a decisão tomada em 2009.

A multa é recorde e se deve graças as praticas da Intel que visaram levar a concorrente AMD a falência, a empresa é acusada de fornecer chips com “descontos” as fabricantes HP, Dell, NEC e Lenovo na condição de que comprassem todos os processadores X86 necessários apenas da Intel, além de pagar a cadeia de lojas Media Saturn Holding da Alemanha para que esta tivesse em estoque apenas produtos equipados com seus processadores, a empresa teria tentado manter as práticas em segredo.

AMD perde ação para Intel na UEEm sua decisão de mais de 300 páginas o tribunal demonstra a gravidade da tática adotada. “A Comissão demonstrou a prova bastante de que a Intel tentou esconder a natureza anti-competitivo de suas práticas e implementou uma estratégia global de longo prazo para encerrar AMD a partir dos canais de vendas estrategicamente mais importantes”.

Os juízes afirmam também que não consideram alto o valor da multa que equivale a 4,15% dos lucros da Intel em 2008, “O Tribunal Geral considera que nenhum dos argumentos apresentados pela Intel suporta a conclusão de que a multa aplicada é desproporcionada. Pelo contrário, deve-se considerar que essa multa é adequada à luz dos fatos do caso”. Mesmo sendo um valor recorde ele ainda não é o máximo já que poderia chegar a 10% sobre os lucros de 2008.

“Estamos muito decepcionados com a decisão. É um caso complexo, que se reflete na decisão. Vamos começar a avaliar a decisão”, disse o porta-voz da Intel Sophie Jacobs. A Intel tem ainda a possibilidade de recorrer ao Tribunal de Justiça da União Europeia mas apenas sobre alguns pontos da decisão,  depois da derrota é mais provável que a Intel procure a concorrente para tentar um acordo que colocaria fim a disputa nos tribunais.

Sabemos que tais práticas ocorrem pelo mundo todo mas em alguns países como o Brasil as leis são mais leves quanto as “deslealdades” por parte das empresas que detém mais poder financeiro. Como será que estaríamos hoje se a Intel tivesse conseguido mesmo falir a AMD?

Por: Lock Gamer / Info: Reuters

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s