Processadores AMD Zen serão inovadores, garantem egenheiros

Não é segredo que o mercado não ficou muito feliz com os processadores AMD FX de primeira e segunda geração que vinham com a promessa de recolocar a fabricante de volta na disputa dos processadores no ritmo dos bons tempos da era Athlon e Athlon 64, mas como nós sabemos não é exatamente o que aconteceu. Agora a fabricante tem novamente a chance de sucesso, mas o mesmo fantasma está a solta, o da expectativa.

Não é que os Buldozzer sejam processadores ruins ou uma plataforma fracassada, está longe disso, afinal, eles conseguiram manter a AMD em pé até hoje e lutando com seguidas gerações Intel. O problema maior foi a expectativa gerada em torno do lançamento que deveria ser capaz de “atropelar”a concorrência, algo que não chegou a acontecer e o cenário está novamente muito parecido com os processadores Zen que tem uma missão parecida.

A AMD aposta nos processadores codinome Zen para estabilizar as contas e se recolocar como força equivalente a Intel no mercado de processadores. Com ganhos de performance que chegam a 40% e um gerenciamento de energia eficiente a expectativa é que os novos FX, APUs e Opteron não deixem nada a desejar frente aos produtos da concorrência, a receita para o sucesso parece simples, recomeçar do zero.

AMD-40-IPC-Zen-Zen-Ao menos é o que afirmam os engenheiros da AMD que dizem ter recebido pela primeira vez “carta branca” para desenvolver uma plataforma totalmente nova abandonando o projeto dos Buldozzer e APUs atuais apostando em uma direção totalmente nova.

É a primeira vez em muito tempo que nossos engenheiros ganharam liberdade total para construir um processador ‘do zero’ e fazer o melhor que podemos. Isto é um projeto de vários anos com uma equipe realmente grande. É como uma maratona com alguns ‘sprints’ no meio. O time está trabalhando muito duro, e nós já conseguimos ver a linha de chegada. Eu garanto que vamos entregar uma grande evolução em performance e (baixo) consumo de energia sobre as gerações passadas”, segundo Suzanne Plummer, uma das principais responsáveis pelo projeto em entrevista ao My Statsman.

AMD-2015-2016-x86-Zen-RoadmapA arquitetura Zen não será uma evolução da Excavator dos Buldozzer e sim um projeto novo, o problema é que a arquitetura Excavator também era uma totalmente inovadora e o resultado não foi tão bom quanto o pretendido, portanto ainda há muita expectativa em torno do futuro dos processadores e APUs AMD.

zen_arquitetura_diagrama_núcleos_vs_excavatorProlongando ao máximo a vida dos FX e APUs na arquitetura atual a AMD está ganhando tempo para o Zen e tudo parece indo no sentido correto, então esperamos apenas não criar expectativas exageradas pois só teremos uma resposta em 2016.

Por: Lock Gamer / Info: My Statsman

Anúncios

2 comentários sobre “Processadores AMD Zen serão inovadores, garantem egenheiros

  1. Também acredito que o erro da AMD foi apostar em uma plataforma ainda inexistente. Agora com o Windows 10 que possui suporte ao DX12 e a Vulkan, API de instrução voltado a multiplataformas é que os processadores modulares da AMD podem se tornar competitivo, já que essas APIs entendem teoricamente como funciona a divisão de módulos, porém, tarde demais para esboçar uma reação.
    Fabricar processadores pensando no futuro pode não ser o certo quando desenvolvedores não entendem como o processador funciona. Os bulldozer tinha muito para dar certo, caso os desenvolvedores de software aderissem ao método da AMD, o que não aconteceu.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s