[Comparativo] RX 460 2GB e 4GB vs. GTX 1050 vs. GTX 1050 Ti, a “briga das baratas”

Já testamos aqui todos os modelos de entrada da AMD de da NVIDIA para a nova geração, então agora é a hora de descobrir qual delas é a melhor opção quando se trata de montar um PC de entrada gastando o mínimo possível obtendo o maior desempenho. Para os testes, utilizamos a mesma plataforma e jogos em DirectX 11 e DirectX 12 na RX 460 2GB, RX 460 4GB, GTX 1050 e GTX 1050 Ti.

O objetivo de nossos testes foi descobrir até onde podemos chegar investindo relativamente pouco dinheiro em uma placa de vídeo que não tenha a necessidade de conectores de energia. É importante lembrar que, apesar de estarem no mesmo patamar, as placas testadas possuem diferentes níveis de desempenho, o que reflete no preço com a GTX 1050 Ti entregando mais performance, mas cobrando mais por isso.

Com o que testamos?

Componentes:

Placa mãe: GA-Z97MX Gaming 5
Processador: Intel Core i7 4790K 4.4 GHz (turbo) 4.0 GHz (stock)
Memória: 16GB DDR3 (2x8GB) Corsair Vengeance 1600 MHz (stock)
Disco Rigido: 3TB 7200 RPM
Fonte: Corsair 850W
Monitor: Benq 22” (1920×1080, 1ms resposta)
Sistema Operacional: Windows 10 64bits
Conexão de Vídeo: DVI Resoluções – 1920×1080, 2560×1440 e 3840×2160

Placa de vídeo:
XFX RX 460 2GB (review aqui)
XFX RX 460 4GB (review aqui)
GTX 1050 referência (review aqui)
GTX 1050 Ti EVGA SC (review aqui)

Versões do Driver de Vídeo:
AMD Radeon Driver 17.1.2
NVIDIA Driver 378.57

Como testamos

Nós preferimos deixar os benchmarks com programas profissionais de edição ou similares para nossos colegas, aqui o assunto principal é o desempenho nos games.

É importante deixar claro que esse sistema não é 100% preciso, então nos permitimos uma margem de 10% para mais ou para menos devido a variações de drivers ou updates em games. Os resultados são “médias” que podem variar de acordo com o cenário escolhido para o teste em cada jogo e com o hardware utilizado como CPU, memória RAM e GPU.

Cada jogo é configurado de acordo com suas opções gráficas, mas no geral utilizamos a seguinte dinâmica:

  • Preset mais alto disponível como ultra e very high em resoluções até 2560×1440 (1440p)
  • Quando em 2160p (4K), reduzimos os filtros de antiserrilhamento AA para FXAA ou desligamos se o jogo não oferecer essa opção;
  • Os testes são feitos com os últimos drivers e versões atualizadas dos jogos e do sistema;
  • A captura das amostras em vídeos é feita com Raptr da AMD ou Shawdowplay da Nvidia que oferecem quedas mínimas de performance;
  • O monitoramento das informações é feito com o MSI Afterburner e a medição de frames é obtida com o FRAPS;
  • As temperaturas são medidas pelo GPU monitor e variam de acordo com o ambiente que não é controlado variando de acordo com os testes.
  • Os valores em frames são obtidos ao rodar o mesmo jogo três vezes no mesmo preset gráfico. Depois, é feita uma média dos resultados obtidos nas três partidas para que fique um valor mais íntegro e tente eliminar variações;
  • Para jogos que não possuem benchmark próprio ou não condizem com as condições gerais de desempenho no jogo, adotamos um save específico disponível para download aqui.
  • Tecnologias proprietárias como Nvidia GemeWorks, PhysX e AMD Tress FX são desativadas para obter uma média justa de comparação.

Entenda os números (FPS)

Optamos por realizar os testes utilizando alguns dos jogos mais “pesados” do mercado para que você tenha uma visão geral do desempenho, utilizamos sempre a configuração predefinida mais alta de que o jogo dispõe sem alterar manualmente. Entendemos que a média mínima de FPS aceitável para que a experiência de jogo não seja prejudicada é sempre acima de 30, abaixo disso já é possível notar a diferença, mas você deve prestar muita atenção antes de julgar o desempenho do produto testado.

Mesmo quando ele não é capaz de obter uma média acima de 30 FPS não significa que o desempenho foi ruim pois as placas de baixo custo, por exemplo, nem sempre são desenvolvidas para rodar os jogos em altas resoluções ou detalhes no máximo e sacrificam um pouco do desempenho em favor do baixo custo. Procure sempre a configuração ideal para cada hadware diminuindo detalhes até alcançar um equilíbrio ideal de desempenho e lembre-se se identificar qual é o foco de desempenho ao qual a GPU ou CPU se propõe.

 Avalie o desempenho

Sempre que analisar um review leve em consideração o foco de produto, se ele é ou não voltado a obter o máximo de desempenho ou se a intenção é equilibrar desempenho e custo. A compra de um hardware deve ser medida pelo conjunto custo x benefício, se a placa de vídeo ou processador em teste não é capaz de executar algum dos jogos testados “no máximo” pode ser possível uma melhora de desempenho desativando algum filtro ou diminuindo a resolução se o seu objetivo é obter um produto mais em conta, mas se está em busca do melhor ele deve ser capaz de executar os jogos com todos os filtros a uma média sempre acima do recomendado. Note que quanto mais desempenho um produto oferece mais caro ele será.

FPS baixo, a placa não roda?

Para este comparativo utilizamos os mesmos presets dos jogos (ultra, high e very high), para os quais as placas testadas não são projetadas, por isso os resultados com baixo FPS não significam que a placa não é capaz de trazer uma boa experiência de jogo, apenas que ela não não roda “no máximo”. A melhor forma de entender o comparativo é considerar a margem de desempenho em cada jogo entre as placas testadas.

DESEMPENHO EM JOGOS

BATTLEFIELD 1

Em Battlefield 1 testamos no modo singleplayer no level “sob lama e sangue” em DirectX 11 e DirectX 12 no preset “ultra” presente no jogo. Em DX 11 RX 460 de 4GB e GTX 1050 empataram com a RX 460 2GB um pouco atrás enquanto a GTX 1050 Ti chegou perto dos 60 FPS mesmo em um preset elevado.

benchmark-teste-games-gtx1050-ti-460-2gb-4gb-compensa-pt-br-barata-fps-battlefield-1Em DirectX 12 as placas da AMD tiveram um ganho quase nulo, apenas 2 FPS que estão dentro de uma margem de erro de 3 FPS. As placas NVIDIA tiveram queda de performance com a GTX 1050 Ti caindo 4 FPS e a GTX 1050 com uma queda acentuada na performance indo para apenas 26 FPS, uma queda de 17 FPS. Notando a anomalia contactamos a fabricante que afirmou ter sugerido correções e ajustes em DX 12 para suas GPUs, algo que aparentemente não foi atendido.

De qualquer forma, em Battlefield 1 a experiência em DirectX 12 ainda não é estável sendo o DirectX 11 uma melhor opção.

BATTLEFIELD 4

Apesar de lançado a alguns anos, Batllefield 4 ainda recebe novos jogadores, principalmente aqueles que adquiriram uma placa capaz de entregar uma boa experiência somente agora. Testamos no modo singleplayer no mapa “Tashgar” que reproduz uma situação de gameplay sendo possível repetir os testes de forma fiel.

benchmark-teste-games-gtx1050-ti-460-2gb-4gb-compensa-pt-br-barata-fps-battlefield-4Aqui a NVIDIA leva clara vantagem sobre a AMD com suas placas obtendo taxas mais elevadas. A GTX 1050 Ti entrega uma taxa acima de 60 FPS, a GTX 1050 vem logo atrás com menos de 10 FPS de diferença, já RX 460 2GB e 4GB ficam bem atrás da concorrente GTX 1050 com 36 FPS e 37 FPS empatadas (dentro da margem de erro). É uma diferença bem expressiva.

CRYSIS 3

Em Crysis 3 testamos no modo história na missão “Post Human” seguindo o mesmo caminho durante as medições. Apesar de também já está a alguns anos no mercado, Crysis 3 ainda é um jogo que exige muito do hardware e com gráficos incríveis.

benchmark-teste-games-gtx1050-ti-460-2gb-4gb-compensa-pt-br-barata-fps-crysis-3Nenhuma das placas é projetada para executar Crysis 3 nos presets utilizados por nós em Very High com MSAA 4X servindo apenas para parâmetro de comparação da diferença de desempenho entre elas. A diferença de performance entre GTX 1050 Ti e non Ti se manteve dentro da média. Ambos os modelo da RX 460 ficaram atrás da GTX 1050.

DEUS EX: MANKIND DIVIDED

Com Deus EX: Mankind Divided é possível medir o desempenho em DX 11 e DX 12 através de sua ferramenta de benchmark fixo reproduzindo um cenário com vários elementos e efeitos encontrados no jogo.  Utilizamos o preset “high” com MSAA desligado, o que ainda não é o ideal para as placas de vídeo de entrada mas serve como parâmetro de comparação da diferença de desempenho das GPUs testadas por nós.

benchmark-teste-games-gtx1050-ti-460-2gb-4gb-compensa-pt-br-barata-fps-deus-ex-mankind-dividedA diferença entre as placas foi bem menor aqui, na verdade entre GTX 1050 e ambas as RX 460 praticamente não há diferença (dentro da margem de erro) decretando um empate entre elas com ganhos quase nulos em DX 12. A GTX 1050 Ti ficou um pouco acima próxima dos 40 FPS contra os 30-33 FPS das demais.

DIRT RALLY

O jogo traz uma engine relativamente leve mas com ótimos níveis de detalhes sendo possível configurações de vídeo atlas mesmo em PCs mais “modestos”. Testamos no benchmark fixo do jogo que é basicamente uma corrida controlada pelo CPU. O preset utilizado é o ultra com MSAA em 4X.

benchmark-teste-games-gtx1050-ti-460-2gb-4gb-compensa-pt-br-barata-fps-dirt-rallyA GTX 1050 Ti entrega uma média bem acima dos 60 FPS enquanto que a GTX 1050 se mantém um pouco acima. As placas da AMD não se saíram bem, ambas com a mesma taxa com quase 20 FPS atrás de sua concorrente direta.

FAR CRY PRIMAL

O jogo nos leva aos primórdios da humanidade em mapas e cenários abertos que exigem bastante do PC. Utilizamos a ferramenta fixa de benchamrk do jogo para medir a performance, de forma que você possa reproduzir os testes. O preset utilizado é o ultra com SMAA.

benchmark-teste-games-gtx1050-ti-460-2gb-4gb-compensa-pt-br-barata-fps-far-cry-primalA GTX 1050 Ti não conseguiu entregar os 60 FPS aqui, o que não é uma grande problema já que o nível de detalhes nos testes é bem elevado. A GTX 1050 ficou um pouco atrás mas acima dos 30 FPS enquanto a RX 460 fica no limite na versão 2GB e 4GB.

GTA V

Lançado depois de muita espera nos PCs, GTA V ainda é um dos títulos mais jogados por oferecer um universo de possibilidades, principalmente no modo online, mas se tratando de hardware ele é um pequeno pesadelo. Como não traz um “preset” gráfico nós utilizamos os detalhes em very high, MSAA 4X e detalhes avançados desligados. Os comparativos são feitos na ferramenta fixa de benchmark do jogo na última passagem (do caça e da cidade).

benchmark-teste-games-gtx1050-ti-460-2gb-4gb-compensa-pt-br-barata-fps-gta-v

Aqui temos mais um título onde tradicionalmente as placas de vídeo da NVIDIA se saem melhor com suas concorrentes diretas e aqui não foi nem um pouco diferente.

A GTX 1050 Ti entrega uma performance próxima dos 60 FPS necessitando poucos ajustes fora dos nossos settings para isso. A GTX 1050 necessita de mais atenção para atingir os 60 FPS mantendo a margem de diferença para a 1050 Ti. As RX 460 de 2GB e 4GB novamente ficaram na ponta do abismo dos 30 FPS.

HITMAN 2016

Um dos primeiro títulos a suportar DirectX 12, o último título da série Hitman traz um formato que entrega episódios (novas missões) ampliando a experiência de jogo. Para os testes nós utilizamos a ferramenta de benchmark do próprio jogos que reproduz ambientes e situação encontradas no gameplay, tudo com os níveis máximos de detalhes.

Benchmark-teste-games-GTX1050-ti-460-2gb-4gb-compensa-pt-br-barata-fps-Hitman 2016.jpgNenhuma das placas alcançou os 60 FPS no nível máximo de detalhes, o que já é esperado uma vez que não é o foco do projeto das GPUs testadas. Aqui a RX 460 de 4GB mostra uma vantagem tanto em DX 11 quanto em DX 12 frente a suas concorrentes diretas. A GTX 1050 teve uma performance pior em DX 12 bem como a RX 460 2GB, mas dentro da margem de erro.

RISE OF THE TOMB RAIDER

Lançado inicialmente sem suporte a DirectX 12, adicionado posteriormente, o jogo é utilizado como referência de desempenho com boa jogabilidade e nível de detalhes. Os testes são realizados na ferramenta de benchmark do jogo que reproduz diferentes cenários encontrados no jogo, optamos por um preset extremamente pesado (high com SSAA 4X) que não recomendamos, o objetivo é apenas medir a diferença de performance entre as placas.

benchmark-teste-games-gtx1050-ti-460-2gb-4gb-compensa-pt-br-barata-fps-rise-of-the-tomb-raiderNão houve alteração de desempenho entre as placas em DX 11 e DX 12. a GTX 1050 Ti se manteve com a diferença média em relação a GTX 1050 que teve um empate técnico com a RX 460 de 2GB e 4GB.

THE WITCHER 3: WILD HUNT

Um jogo de mundo aberto com belos gráficos e uma jogabilidade viciante, The Witcher 3 garante centenas de horas de gameplay mesmo sem um modo online graças a seu vasto território e missões do modo história. O preset de vídeo utilizado é o high com as tecnologias NVIDIA desativadas e SSAO, o local do teste é um save que inclui o tutorial de luta com espadas com Vessemir e Gerald.

benchmark-teste-games-gtx1050-ti-460-2gb-4gb-compensa-pt-br-barata-fps-the-witcher-3Mais uma vez o nível de detalhes gráficos é bem acima do recomendado para as placas, porém a diferença de desempenho se mantém com a GTX 1050 Ti 6 FPS a frente da GTX 1050 que teve um empate técnico com as RX 460.

FPS MÉDIO:

1920×1080 (FULL HD)

benchmark-teste-games-gtx1050-ti-460-2gb-4gb-compensa-pt-br-barata-fps-fps-medio-1080-dx12benchmark-teste-games-gtx1050-ti-460-2gb-4gb-compensa-pt-br-barata-fps-fps-medio-1080

FPS MÍNIMO:

1920×1080 (FULL HD)

benchmark-teste-games-gtx1050-ti-460-2gb-4gb-compensa-pt-br-barata-fps-fps-minimo-1080-dx12benchmark-teste-games-gtx1050-ti-460-2gb-4gb-compensa-pt-br-barata-fps-fps-minimo-1080

Quem é a vencedora? Qual a melhor placa de vídeo de entrada em 2017?

Se chegou até aqui e acompanhou todos os gráficos nós temos uma péssima notícia para você, vamos precisar de mais um gráfico para determinar isso e, o mais importante de tudo, a escolha vai depender de você e da sua necessidade.

Benchmark-teste-games-GTX1050-ti-460-2gb-4gb-compensa-pt-br-barata-fps-media-fps-15-jogos.jpgNa média de FPS RX 460 2GB e 4GB ficaram praticamente empatadas. A GTX 1050, por sua vez, se manteve um pouco acima. A GTX 1050 Ti obteve uma média superior a 10 FPS em relação as rivais AMD e 12 FPS em relação a GTX 1050.

O pereço importa…

Se o desempenho é tão próximo, o que realmente vai importar é o preço. RX 460 e GTX 1050 estão no mesmo nível de desempenho enquanto que a GTX 1050 Ti está um passo a frente, mas ainda que a placa com menor desempenho geral tenha o menor preço, ela não será a escolha óbvia.

… mas para que jogo?

Com os resultados individuais o comparativo é mais justo do que a média geral que esconde as deficiências das placas da AMD em jogos como Battlefield 4, GTA V e Dirt Rally onde a diferença de desempenho em relação a GTX 1050 (não Ti) chega próxima a casa dos 20 FPS, o que é a diferença entre rodar próximo dos 30 FPS ou dos 60 FPS. Então, é preciso descobrir para que “grupo” de jogos você pretende utilizar sua placa de vídeo.

Ainda que seja possível alcançar os 60 FPS com todas as placas testadas em todos os jogos após alguns ajustes, mas para justificar uma deficiência tão grande de performance, seria necessário uma diferença de preço que justificasse essa lacuna. Então se a sua necessidade são jogos onde a diferença de desempenho seja quase nula, vá na que entrega a melhor performance pelo melhor preço.

Não compre apenas a placa de vídeo

Aqui analisamos a performance, mas as variáveis para escolher a melhor placa de vídeo de entrada pelo melhor preço é o “custo x benefício” geral do produto. Leve em consideração o sistema de refrigeração, nível de ruído e principalmente tecnologias embutidas.

radeon-software-crimson-relive-gameplay-gravarUm ponto essencial para GPUs de entrada é a facilidade para o usuário e a NVIDIA sai na frente neste quesito com o GeForce Experience que traz uma quantidade de recursos maior que as rivais da AMD que apresentou o ótimo ReLive que permite transmitir e gravar suas partidas, mas ainda é pouco maduro (com poucas opções de configuração de áudio e qualidade de gravação).

geforce-experience-otimizaçãoApós “abandonar” o Raptr a AMD não oferece a opção viável para otimizar automaticamente o jogo como encontramos na ferramenta da NVIDIA, um recurso particularmente importante para jogadores iniciantes ou que não querem perder horas afinando a qualidade do jogo.

O que nós achamos, qual vale a pena comprar?

É muito mais fácil seguir uma opinião pronta, mas neste caso a disputa é acirrada e as concorrentes tem ótimos atributos. A resposta sobre a melhor compra é justamente um julgamento de todos os atributos levantados por nós, preço, desempenho, jogos e recursos. 

Em nosso teste, especificamente, a GTX 1050 utilizada é a de referência (a mais básica e barata) enquanto a RX 460 é a custom XFX com o “apêndice” conector PCI que a torna uma opção menos interessante para quem não possui ou quer investir em uma fonte, tornando a GTX 1050 a escolha mais óbvia com a GTX 1050 Ti ficando como opção de maior desempenho sem precisa de uma fonte nova, mas como dissemos, você vai precisar comparar as opções.

Por: Lock Gamer

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s