Review mostra o poder do processador AMD Ryzen

A briga está ficando acirrada no mercado de processadores de alto desempenho. Recentemente vazou o primeiro review da nova linha de CPUs Intel mas desta vez, quem apareceu para botar mais pressão ainda na concorrência foi o review do Ryzen.

O review foi publicado pela revista CPC Hardware e não mostra o processador com o nome “Ryzen” nas tabelas. Em vez disso, o modelo é identificado pelo seu código AMD 2D3151A2M88E, indicando que possivelmente os testes tenham sido realizados antes do anúncio oficial do produto. Também, segundo a publicação, o clock do modelo testado é inferior aos 3,4 GHz prometidos por Lisa Su no lançamento, veja:

  • Clock base: 3,1 GHz
  • Clock Turbo: 3,3 GHz
  • Turbo One-Core: 3,5 GHz

Nota: O processador testado é uma versão Engineering Sample (ES), ou seja, ainda não é a versão final do Ryzen, portanto ainda existem melhorias por vir. Vale também ressaltar, que por serem fotos de uma revista, a qualidade não está como desejado, assim que possível vamos atualizar a matéria com imagens de qualidade.

Se superando em renderização

Os testes realizados pela CPC Hardware são divididos em tipos e depois agregados em uma única tabela, mostrando o desempenho geral do processador na categoria. O primeiro a ser mostrado é com softwares de renderização, incluindo os seguintes aplicativos: Encodage HB H.264 & H.265, WPrime, PovRay 3.7, Blender 3D, 3DSMax 2015 / Mental Ray e Corona Benchmark.

Os resultados mostram que o Ryzen consegue superar o i7-6800K — que custa US$ 430 — e fica pouco abaixo do Core i7-6900K. Se comparado com o AMD FX-8370 (um dos modelos mais poderosos da AMD atualmente) o ganho de desempenho é de 60% nessa categoria.

amd-ryzen-rendering-performance-benchmarks-_e2808e-_2016-12-23_22-47-46-768x390

Desempenho em games?

Os testes realizados com os games seguem o mesmo princípio do anterior, com aplicativos. Os jogos são testados e posteriormente agregados em uma tabela que condensa o resultado total dos processadores analisados. Neste teste, foram utilizados os seguintes títulos: Far Cry 4, Grid: Auto Sport, Battlefield 4, Arma III, X3: Terran Conflict, The Witcher 3: Wild Hunt e Anno 2070.

Nos games, apesar de ter um resultado surpreendentemente bom, o Ryzen acabou ficando um pouco atrás dos processadores Intel. O motivo disso é o clock: a maioria dos games é otimizado para trabalhar com single core e clocks elevados, e o Ryzen é um processador otimizado para multi-threading. Vale lembrar que o modelo testado possui um clock base de 3,1 GHz e não de 3,4 GHz como foi o prometido pela AMD. Isso significa que o produto que chegar às lojas terá um desempenho melhor que esse.

first_amd_ryzen_review_leaked_-_aggregate_performa_2016-12-23_23-08-47

Como fica o consumo de energia ?

Desta vez parece que a AMD acertou em eficiência energética e consumo, pois mesmo apresentando um desempenho muito superior ao seu antepassado, o FX-8370, ele apresenta um consumo muito menor. Ele também supera o Core i7-6900K por uma pequena margem.

first_amd_ryzen_review_leaked_-_aggregate_performa_2016-12-23_23-10-33

Primeiras conclusões

Pelos resultados mostrados aqui, a Intel vai ter uma boa dor de cabeça. Isso porque, de acordo com os testes, o Ryzen chega perto do modelo Extreme da Intel, o Core i7-6900K. A grande pegada nessa história é o preço: enquanto o Ryzen deve chegar ao mercado custando em torno de US$ 349 (R$ 1.141), o Core i7-6900K custa US$ 1.000 lá fora e nas lojas brasileiras pode ser encontrado por mais de 6 mil reais.

Com um consumo de energia mais baixo e uma arquitetura mais enxuta, o Ryzen deve ter um ótimo potencial de Overclock, o que promete deixar a briga ainda mais acirrada. É difícil imaginar que ele possa bater o rival da Intel em desempenho. Já em custo x benefício, a AMD deve levar essa briga com um pé nas costas.

Por: LockGamer | Info: CPC Hardware

Anúncios

Um comentário sobre “Review mostra o poder do processador AMD Ryzen

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s